A água usada para o batismo contém uma promessa eterna de Deus.

De acordo com a Bíblia, o objetivo de ter fé em Deus, frequentar a igreja e estudar a Bíblia é para a nossa alma receber a vida eterna. E Deus promete isso através do batismo.

“obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma.”

1 Pedro 1:9

A sociedade é composta de muitas promessas: contratos de hipoteca, casamentos, etc. O mesmo papel traz promessas diferentes, dependendo de como é usado, de um recibo de loja até uma nota de US $ 100.

Então, que tal a água usada para o batismo? A água é água, mas a água usada para o batismo contém uma promessa, uma promessa eterna de Deus.

O Significado do Batismo

“[…] através da água, a qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo;”

1 Pedro 3:20-21

Através do batismo, Deus autentica sua promessa de nos dar a vida eterna ao nos tornar filhos de Deus e nos dar o perdão dos pecados para que possamos entrar no reino dos céus.

“Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes.”

Gálatas 3:26

“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus.”

João 3:5

“Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.”

Atos 2:38

O Tempo do Batismo

 

Biblicamente, o batismo não deve ser adiado, mas conduzido imediatamente após a compreensão das boas novas de Cristo. O ensinamento de Deus no Antigo Testamento e no Novo Testamento é que devemos receber a salvação hoje e não adiar até amanhã, já que não sabemos o que o futuro nos reserva.

Não te glories do dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz.”

Provérbios 27:1

“E lhes proferiu ainda uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produziu com abundância. E arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei, pois não tenho onde recolher os meus frutos? E disse: Farei isto: destruirei os meus celeiros, reconstruí-los-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens. Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te. Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus.”

Lucas 12:16-21

Ter um relacionamento rico com Deus é conhecê-lo e seguir seus mandamentos dando o primeiro passo através do batismo.

O Lugar do Batismo

Um tesoureiro da Etiópia encontrou-se com o Filipe e, depois de ouvir as boas novas, pediu a Filipe que o batizasse ao lado da estrada, ele nem sequer perguntou sobre ir a uma igreja.

“Um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Dispõe-te e vai para o lado do Sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto. Ele se levantou e foi. Eis que um etíope, eunuco, alto oficial de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todo o seu tesouro, […] assentado no seu carro, vinha lendo o profeta Isaías. Então, disse o Espírito a Filipe: Aproxima-te desse carro e acompanha-o. Correndo Filipe, ouviu-o ler o profeta Isaías e perguntou: Compreendes o que vens lendo? Ele respondeu: Como poderei entender, se alguém não me explicar? E convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. […] Então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus. Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que seja eu batizado? […] Então, mandou parar o carro, ambos desceram à água, e Filipe batizou o eunuco.”

Atos 8:26-38

Cornélio convidou o apóstolo Pedro para ir até sua casa, onde Pedro o batizou, sua família e seus amigos no mesmo dia (Atos 10: 47-48).

E o apóstolo Paulo batizou uma família inteira porque eles queriam ser salvos. Isso aconteceu à meia-noite, depois de um terremoto.

“E, depois de lhes darem muitos açoites, os lançaram no cárcere, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. Este, recebendo tal ordem, levou-os para o cárcere interior e lhes prendeu os pés no tronco. Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão escutavam. De repente, sobreveio tamanho terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão; abriram-se todas as portas, e soltaram-se as cadeias de todos. O carcereiro despertou do sono e, vendo abertas as portas do cárcere, puxando da espada, ia suicidar-se, supondo que os presos tivessem fugido. Mas Paulo bradou em alta voz: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos!”

“Então, o carcereiro, tendo pedido uma luz, entrou precipitadamente e, trêmulo, prostrou-se diante de Paulo e Silas. Depois, trazendo-os para fora, disse: Senhores, que devo fazer para que seja salvo? Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa. E lhe pregaram a palavra de Deus e a todos os de sua casa. Naquela mesma hora da noite, cuidando deles, lavou-lhes os vergões dos açoites. A seguir, foi ele batizado, e todos os seus.

Atos 16:23-33

O batismo significa o renascimento da nossa alma e é um ponto de partida para acreditar em Deus. É por isso que, independentemente do tempo e do lugar, os cristãos da Igreja Primitiva não adiaram o batismo, mas foram batizados imediatamente.

Como Conduzir o Batismo

O aspecto mais importante sobre o batismo é que como ele é realizado. Jesus Cristo ensinou a seus discípulos que o batismo correto deve ser realizado em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.”

Mateus 28:18-20

Sem usar os três nomes de Deus, o batismo é inválido. Até mesmo o apóstolo Paulo levou os crentes da Igreja Primitiva a serem batizados novamente, para que isso pudesse ser feito corretamente.

“Então, Paulo perguntou: Em que, pois, fostes batizados? Responderam: No batismo de João. Disse-lhes Paulo: João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus. Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em o nome do Senhor Jesus.”

Atos 19:3-5

Na época do Filho, os crentes tinham que ser batizados em nome de Jesus. Agora, na época do Espírito Santo, o batismo de acordo com os ensinamentos da Bíblia deve ser conduzido em nome do Pai, Jeová, e em nome do Filho, Jesus, e em nome do Espírito Santo, Cristo Ahnsahnghong. Este é o batismo que nos salva.