Um filho pode obter a vida somente quando há uma mãe, porque a mãe é quem dá a vida.

Desde o início do cristianismo, temos reconhecido Deus como nosso Pai. E nos, fomos chamados de filhos de Deus. Mas por que a Bíblia diz que somos filhos de Deus? E por que Jesus nos ensinou a orar ao nosso Deus Pai?

A existência de um pai indica, naturalmente, que há filhos. E os filhos também só podem ter vida quando há uma mãe, porque quem dá vida é a mãe.

Cristo nos ensinou a orar ao nosso Pai que está no céu porque, como filhos de Deus, nós também temos Deus Mãe.

E ela é testemunhada na Bíblia desde o início até o fim.

Deus Mãe Existe

“porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;”

Romanos 1:19-20

Deus criou todas as criaturas. Embora existam muitas espécies diferentes, que têm diferentes habitats e características, elas têm um ponto em comum. Todas as criaturas recebem vida através das suas mães. Esta é a vontade de Deus para que a vida possa existir.

Eva Representa Deus Mãe

Durante os seis dias da criação, Deus forneceu um indício específico para nos ensinar sobre a sua essência.

“Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”

Gênesis 1:26-27

Deus usou as palavras “Façamos” e “nossa”, que estão no plural, ao criar o homem. Isto significa que mais de um Deus estava envolvido na criação.

As primeiras pessoas que Deus criou a partir da imagem plural de Deus foram Adão e Eva. Adão foi criado a partir da imagem masculina de Deus e Eva foi criada a partir da imagem feminina de Deus.

Porque Adão e Eva foram feitos segundo a imagem de Deus, biblicamente, eles representam Deus Pai e Deus Mãe.

“[…] Adão, o qual prefigurava aquele que havia de vir.”

Romanos 5:14

“E deu o homem o nome de Eva a sua mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos.”

Gênesis 3:20

No livro de Gênesis, vemos que Deus deu a Adão o poder de fazer tudo. No entanto, a única coisa que Adão não podia fazer era gerar uma vida. Foi por isto que ele chamou sua esposa de Eva, que significa “vida”, e a chamou de “mãe de todos os seres humanos”, porque a vida só é dada pela mãe. Profeticamente, Deus nos permite saber que, embora exista Deus Pai, é necessário Deus Mãe, para ter a vida espiritual, ou seja, a vida eterna.

Jesus Profetizou Sobre Deus Mãe

Dois mil anos atrás, Jesus realizou muitos milagres diante do povo de Israel. Ele transformou água em vinho no casamento, deu visão aos cegos e até ressuscitou Lázaro dos mortos.

Nada foi difícil para Cristo. No entanto, por que ele adiou dar a vida eterna até os últimos dias?

“E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum eu perca de todos os que me deu; pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia.”

João 6:39

“De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

João 6:40

“Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.”

João 6:44

“Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”

João 6:54

Ao prometer dar a vida eterna “nos últimos dias”, Jesus estava nos permitindo saber que Deus Mãe, a doadora da vida espiritual, apareceria em nossa época.

“Alegremo-nos, exultemos e demos-lhe a glória, porque são chegadas as bodas do Cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou,”

Apocalipse 19:7

Na Bíblia, o Cordeiro representa Cristo (João 1:29). O livro do Apocalipse, que fala a respeito dos dias de hoje, diz que a noiva de Cristo se preparou para aparecer em nosso tempo. O mesmo livro de Apocalipse explica que a Noiva é a Jerusalém celestial.

“[…] Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro; e me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha e me mostrou a santa cidade, Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus,”

Apocalipse 21:9-10

O livro de Gálatas descreve a relação entre a Jerusalém celestial e nós.

“Mas a Jerusalém lá de cima é livre, a qual é nossa mãe;”

Gálatas 4:26

A noiva de Cristo é a nossa Mãe. Assim como Deus criou Eva no último dia da criação do mundo, a Mãe celestial aparece nesta época para conceder a vida eterna ao nosso espírito.

Deus Mãe Promete a Vida Eterna

Deus nos concede a vida eterna prometida somente depois de conhecermos e crermos em Deus Mãe.

“Vós, porém, irmãos, sois filhos da promessa, como Isaque.”

Gálatas 4:28

“E esta é a promessa que ele mesmo nos fez, a vida eterna.”

1 João 2:25

Desde o início da criação, tem sido o plano de Deus que a vida pode ser obtida através do pai e da mãe. Agora podemos ver que a vontade de Deus se realiza através de Deus Pai e Deus Mãe, que nos chamam para nos dar a vida eterna.

O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida.”

Apocalipse 22:17